PSB ameaça lançar candidatura própria

PSB ameaça lançar candidatura própria: "
Wagner Castro e José Antonio anunciam decisões do PSB

Wagner Castro e José Antonio anunciam decisões do PSB


O presidente do Diretório Estadual do PSB, José Antonio Almeida, disse nesta sexta-feira durante coletiva de imprensa que o partido pode lançar candidato próprio ao governo em 2010. Apesar disso, ele não descarta coligação com outras agremiações que não estejam alinhados à candidatura da governadora Roseana Sarney (PMDB).


José Antonio reuniu jornalistas na sede da legenda para informar sobre algumas deliberações tomadas pela Executiva em reunião realizada quinta-feira. “Reafirmamos nossa posição de oposição ao Governo do Estado. Em relação a candidaturas não descartamos nenhuma hipótese, inclusive a candidatura própria”, disse.


Na verdade, a Executiva se reuniu preocupada com a posição da deputada Cleide Coutinho, depois que o blog anunciou em primeira mão a adesão do marido dela, o prefeito Humberto Coutinho (PDT-Caxias), ao grupo da governadora. Uma das posições tomadas pelo partido foi proibir qualquer filiado e parlamentar de fazer parte ou compor com o Goveno do Estado. Medida exclusivamente para intimidar Cleide e Humberto Coutinho.


- O PSB então está mandando um recado para a Cleide? – questionei

- Para bom entendedor, meia palavra basta – respondeu José Antonio.


Ele disse que quem descumprir a determinação “não terá segurança nennhuma que será candidato em 2010″. Ameaça direta para a primeira-dama caxiense.


O PSB criou uma comissão formada, além do seu presidente, pelos deputados Marcelo Tavares e Domingos Paz, o ex-deputado Luciano Leitoa e o ex-governador José Reinaldo, com objetivo de discutir coligações com outras agremiações partidárias. No entanto, a decisão final caberá ao Diretório Estadual.


Internamente, membros do PSB criticam muito o fato da legenda está hoje a reboque do pensamento político da família Tavares. Essa comissão, por exemplo, tem três membros do clã. José Antonio é primo de Marcelo. Ele, porém, afirma que sempre foi membro do PSB e politicamente não tem vinculação com os parentes. Você acredita?


Para complicar, a ex primeira-dama Alexandra Tavares está ensaiando lançar sua candidatura pelo partido no que seria uma “oligarquia tavariana socialista”.


Segundo o presidente, “não há oligarquia quando os nomes são submetidos à soberania popular”, ou seja, ao voto. Ele disse não saber da pretensa candidatura de Alexandra a uma vaga na Assembleia, apesar dela vir anunciando a intensão através da mídia “balaia”.


- Tivemos uma reunião aqui e foram ventilados vários nomes, mas ninguém falou dela. Não fui procurado por ninguém (ligado a Alexandra) nesse sentido – afirmou.


Em relação ao Senado, contou que o PSB tem dois pré-candidatos: José Reinaldo e o jovem Wagner Castro.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini