"Radialista Tony Carlos morreu ontem no final da tarde depois que a moto em que estava foi colhida por uma camioneta Hilux próximo ao Contorno


:: Jornal Agora Santa Inês - O Jornal do Maranhão Central ::: "Radialista Tony Carlos morreu ontem no final da tarde depois que a moto em que estava foi colhida por uma camioneta Hilux próximo ao Contorno
Esse o estado em que ficou a camioneta Hilux que colheu em cheio o radialista Tony Carlos (detalhe) no final da tarde de ontem na 222.

Uma tragédia acabou por tirar a vida do radialista Tony Carlos de 29 anos, no final da tarde de ontem, terça-feira, na BR 222 nas proximidades do Contorno, entrada de Santa Inês. O radialista que era muito conhecido e querido na cidade, retornava de moto de seu trabalho no Parque de Vaquejada Toca do Vale, localizado no povoado de Santa Filomena, quando parou na estrada (BR 222) para prestar assistência a uma pessoa conhecida cuja moto havia dado pane. Tony, segundo apurou o Agora, estacionou sua moto e na tentativa de fazer funcionar a moto do amigo teria circulado com a mesma em torno da pista indo parar no acostamento quando foi colhido violentamente por uma camioneta Hilux, de cor branca que o arremessou numa distância de cerca de 20 metros levando-o a óbito. Ele ainda chegou a ser transportado para o Hospital Municipal Tomás Martins aonde já chegou sem vida. O choque quebrou-lhe várias partes do corpo.

Ainda ontem, por volta das 20 horas, a Polícia Civil recebeu um telefonema com informações sobre o condutor e o carro que atropelou Tony Carlos e acabou por prender em flagrante, José Milton Neves de Sousa de 54 anos, morador do Bairro Sabak que dirigia a camioneta, e segundo se apurou, presta serviços para Vale do Rio Doce. O veículo, que seria locado de uma empresa de São Luís, foi apreendido e José Milton foi conduzido ao posto da Polícia Rodoviária Federal para exame de bafômetro sendo que teria ficado confirmado que o mesmo se encontrava com alto grau de consumo de bebida alcoólica, acima do tolerado pelas leis de trânsito vigente, pelo que foi conduzido para a Delegacia Regional onde foi lavrado o flagrante do mesmo. Advogados de José Milton e familiares dele tentaram ainda no decorrer da noite de ontem, livrá-lo da cadeia pagando fiança.

Tony Carlos era radialista há muitos anos, tendo iniciado sua carreira na Rádio Cidade Verde, passando depois por outras emissoras de Santa Inês e atualmente era dono da Rádio Cultura FM e trabalhava no Parque Toca do Vale como diretor de eventos. Por alguns anos, ele viveu com a cantora Andréa Campos, hoje residindo em Manaus. A morte do radialista entristece a classe e deixa um profundo vazio na comunicação local. O corpo dele foi transladado ainda ontem a noite para sua residência na Rua 5 de Abril, no Bairro Santo Antonio, onde está sendo velado e de onde será levado para sepultamento, muito provavelmente ainda nesta quarta-feira, no Cemitério do São Benedito.

Fonte:
Jornal Agora Santa Inês"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini