Os Comunistas: O Twitter do Saramago, Oscar Niemeyer e o fim da Internet no Brasil | *.* - Um pouco de Tudo - "dIvagar e sempre".

Os Comunistas: O Twitter do Saramago, Oscar Niemeyer e o fim da Internet no Brasil | *.* - Um pouco de Tudo - "dIvagar e sempre".: "Dizem que pessimista é o sujeito que, quando a oportunidade bate à porta, reclama do barulho. A entrevista do Saramago, em que se declara contra o Twitter, é um belo exemplo. Logo ele, que com sua capacidade de economizar nos caracteres de pontuação, tinha tudo para virar um hit nessa nova mídia.

Reporter do Globo

O senhor acompanha o fenômeno do Twitter? Acredita que a concisão de se expressar em 140 caracteres tem algum valor? Já pensou em abrir uma conta no site?

SARAMAGO: Nem sequer é para mim uma tentação de neófito. Os tais 140 caracteres reflectem algo que já conhecíamos: a tendência para o monossílabo como forma de comunicação. De degrau em degrau, vamos descendo até o grunhido.

Para ler a entrevista completa, clique aqui

Pensando bem, acho que ele estava atendendo uma determinação do Partidão (Partido Comunista). Explico minha teoria conspiratória: semanas atrás, um dos deputados dos Deputados do Pc do B (Partido Comunista do Brasil) apresenta um relatório propondo restrições – inviáveis na prática – ao uso da Internet nas eleições (bem sintetizadas pelo título desta reportagem: “Controlar o Vento”) .

Agora, Saramago, que é declaradamente comunista, sai-se com essa perola.

Preparem-se: Oscar Niemeyer , que também é comunista de carteirinha, vai propor que nos prédios por ele projetados seja proibido o uso de cabeamento de rede e que as paredes também sejam construídas com material que impeça a passagem de sinais de Wi-fi e 3G.

Enquanto ainda tenho acesso à Internet, aproveito para divulgar pensamentos dos dois (Saramago e Niemeyer) em momentos mais inspirados:

“Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país. No curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein.” Oscar Niemeyer

“Se antes de cada acto nosso nos puséssemos a prever todas as consequências dele, a pensar nelas a sério, primeiro as imediatas, depois as prováveis, depois as possíveis, depois as imagináveis, não chegaríamos sequer a mover-nos de onde o primeiro pensamento nos tivesse feito parar. Os bons e os maus resultados dos nossos ditos e obras vão-se distribuindo, supõe-se que de uma forma bastante uniforme e equilibrada, por todos os dias do futuro, incluindo aqueles, infindáveis, em que já cá não estaremos para poder comprová-lo, para congratular-nos ou pedir perdão, aliás, há quem diga que isso é que é a imortalidade de que tanto se fala.” Saramago, Ensaio sobre a Cegueira"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos